Hamas quer que Egito deixe de mediar conversas com Israel.

Internacional - O Hamas está insatisfeito com o fato de um tribunal egípcio classificar o grupo como uma organização terrorista, informou o site português Abola. 

Por esse motivo, de acordo com a publicação, o movimento palestino quer que o Egito deixe de ser o intermediário nas conversas com Israel. 

"Após a decisão do tribunal, o Egito deixará de ser o mediador nos assuntos entre palestinos e israelitas", disse uma fonte próxima do Hamas à Reuters.

Indonésia planeja mais execuções.

   
Cabe ressaltar que o Cairo tem desempenhado um papel fundamental para intermediar o cessar-fogo entre Israel e Hamas na Faixa de Gaza.

Com informações da Reuters e do site Abola.

O Caçador de Recompensas (1972) | Filme de Faroeste Dublado