Lula diz que CPMF "não deveria ser tirada".

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu a manutenção da CPMF, em abertura de evento realizado em São Bernardo do Campo neste sábado, 29. “Gostaria de saudar o ministro da Saúde, Arthur Chioro. Não sei se é verdade que defendeu a CPMF, que não deveria ter sido tirada, porque precisa de dinheiro para a Saúde”. 

Nos últimos dias, os ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Fazenda, Joaquim Levy, entraram em campo  para tentar convencer lideranças da Câmara e do Senado a aprovar a CIS. Para a equipe econômica, não há outro jeito para fechar as contas de 2016 se não for com o novo imposto.


O relator-geral da peça orçamentária do próximo ano, deputado Ricardo Barros (PP-PR), disse que é preciso que a sociedade - o governo, os empresários e o Congresso - coloque na “balança” toda a discussão sobre a volta da CPMF. Ele reconheceu que, se ela não for aprovada, deve haver uma diminuição da capacidade de o País cumprir a meta fiscal do próximo ano, podendo levar, inclusive, à perda do grau de investimento pelo Brasil. “O que custa mais, um ajuste na carga tributária ou a repercussão no risco Brasil, que vai afastar investimentos?”, indagou.


Comentários

Eu apoio Notícias do Momento

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.