Obama e Michelle: Nancy Reagan "redefiniu o papel de primeira-dama".

O presidente norte-americano, Barack Obama, lamentou hoje (6) a morte de Nancy Reagan. Segundo nota divulgada por Obama e sua mulher Michelle, Nancy, "redefiniu o papel de primeira-dama" nos Estados Unidos e se transformou "em uma voz para milhões de famílias" afetadas pelo Alzheimer.

Segundo a nota, desde a morte, em 2004, do ex-presidente republicano Ronald Reagan, que tinha a doença, Nancy "adotou um novo papel, como ativista a favor dos tratamentos que têm o potencial e a promessa de melhorar e salvar vidas". Como parte do ativismo, ela defendeu a pesquisa com células-tronco, assunto sobre o qual se opôs ao governo de George W. Bush.

"Nancy Reagan escreveu uma vez que nada podia prepará-la para viver na Casa Branca. Claro que tinha razão. Mas nós tivemos uma vantagem, porque tivemos a sorte de nos beneficiar do seu orgulhoso exemplo e calorosos e generosos conselhos", destacou ainda o comunicado.

O casal Obama enviou condolências à família de Nancy, que morreu aos 94 anos após uma falha cardíaca, em sua residência de Los Angeles, na Califórnia."Enviamos as nossas sinceras condolências aos filhos, Patti, Ron e Michael, e aos seus netos. Agradecemos a vida de Nancy Reagan, os seus conselhos e rezamos para que ela e o marido estejam novamente juntos", diz a nota.

O corpo da ex-primeira-dama, que ocupou a Casa Branca no período de 1981 a 1989, vai ser sepultado junto com o do marido, na biblioteca presidencial Ronald Reagan, na cidade californiana de Simi Valley.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.