Temer planeja anunciar aumento do Bolsa Família no Dia do Trabalho.

Helicóptero da Petrobras ajuda nas buscas por neto de Chico Anysio.

Um helicóptero da Petrobras irá ajudar nas buscas por Rian Brito, neto do humorista Chico Anysio, a partir desta quinta-feira (3) em Quissamã. A informação foi confirmada pelo coordenador da Defesa Civil municipal, Amaro Garcias. Rian, de 25 anos, está desaparecido desde o dia 23. Na última segunda (28), pertences dele foram achados em uma praia da cidade, segundo informações do 'G1'.

Segundo Garcias, a decolagem do aeroporto de Macaé está marcada para as 7h. O helicóptero irá fazer as buscas por toda extensão do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba. As buscas nesta quarta não encontraram novas pistas. A aeronave foi pedida à Petrobras pelo Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), que administra a área ambiental. Segundo o chefe do Parque Nacional, Marcelo Peçanha, o Instituto Chico Mendes possui um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Petrobras que obriga a estatal a fornecer uma aeronave para disponibilizar 30 horas de voo por ano.

O helicóptero ficará disponível por seis horas e irá percorrer o parque durante todo o dia. “Para se ter uma ideia, em uma hora e meia é possível fazer uma volta no parque inteiro. Em seis horas o helicóptero irá sobrevoar de cinco a seis vezes o parque”, afirmou Peçanha.

Marcelo afirmou que estão sendo disponibilizados ainda pelo ICMBio quatro picapes, quatro quadriciclos, dois bugres e três barcos. Uma equipe da Guarda Ambiental de Macaé irá compor as equipes de busca nesta quinta.

Ao todo serão 50 homens, entre bombeiros, agentes da Defesa Civil, Guardas Municipais e agentes do Instituto Chico Mendes, nas equipes de resgate. O Parque Nacional engloba Macaé, Quissamã e Carapebus e possui 44 Km de praias e 18 lagoas.


Márcia Brito, mãe de Rian Brito, informou num post em seu perfil numa rede social nesta quarta-feira (2) que imagens de câmeras mostram que o filho pegou sozinho, na rodoviária Novo Rio, o ônibus para Quissamã onde suas roupas e documentos foram encontrados e onde se concentram as buscas por ele.

Ela disse no mesmo post que não é preciso mais investir na identificação do motorista do táxi que o jovem pegou no Shopping Fashion Mall, em São Conrado, Zona Sul do Rio. Câmeras do shopping flagraram o momento em que o rapaz sai do prédio. A mãe de Rian disse que deixou o filho em frente a uma autoescola, em São Conrado, na Zona Sul, e afirmou que eles combinaram que o jovem ligaria quando chegasse a hora de buscá-lo. Mas Rian não ligou. A autoescola informou à família que ele não foi à aula. Nesta terça-feira (1º), Márcia Brito disse acreditar que o filho pode ter escolhido o local para meditar.

Fonte: G1

Comentários