Cunha entrega processo de impeachment de Dilma no Senado.

Brasília - Segunda-feira, dia 18 de abril. Eduardo Cunha acaba de chegar ao Senado Federal para entregar a Renan Calheiros o  parecer da Câmara sobre a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. O presidente da Câmara dos Deputados entrega ao presidente do Senado Federal o documento aprovado ontem (17) por 367 votos favoráveis.


Além de Renan Calheiros, os senadores Romero Jucá, Lindbergh Farias e Ana Amélia Lemos também devem participar do encontro. 

O presidente do Senado deve ler a comunicação no plenário e, posteriormente, entregar a comissão especial, que fica responsável por emitir um novo parecer sobre o processo. Para isso, a comissão terá um prazo de 10 dias.

Caso o Senado aprove admissibilidade do impeachment, a presidente Dilma Rousseff será afastada por até 180 dias. Prazo estipulado para o Senado analisar o processo e definir se a presidente vai ter o mandato cassado.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carlos Villagrán, o Kiko, do "Chaves", morreu? Não, é boato.

Fátima Bernardes ajuda família de ladrão morto por mãe policial? Não!

Avião que levava a cantora sertaneja Marília Mendonça é interceptado em Jundiaí.