Pastor-alemão que perdeu pata no Afeganistão recebe condecoração.

Uma cadela da raça pastor-alemão, que recebeu uma condecoração após participar de missões no Iraque e no Afeganistão, é destaque na coluna "Internacional" do site Momento Verdadeiro desta quinta-feira, dia 07. 

Lucca serviu durante 6 anos ao Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, onde participou de mais de quatrocentas missões. Em 2012, a cadela perdeu a pata esquerda durante uma missão no Afeganistão. 

Nesta semana, acompanhada do fuzileiro Chris Willingham, Lucca, a cadela recebeu a medalha PDSA Dickin. Até esta data, de acordo com informações do portal de notícias A Bola, 31 cães, 32 pombos-correios, 3 cavalos e 1 gato já receberam a medalha, que é entregue aos animais que praticaram atos de bravura ou devoção ao dever.

Criada em 1943, a medalha Dickin é a condecoração mais alta concedida para os animais ao serviço militar. 

Washington Luiz, Repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tempestade deixa três mortos no Rio de Janeiro.

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.