Dilma diz que novo governo pretende reduzir o Bolsa Família.

Diante da possibilidade de ser afastada do cargo de presidente da República, inicialmente por 180 dias, Dilma disse neste sábado, durante cerimônia de inauguração da Embrapa Pesca e Aquicultura, em Palmas (TO), que vai “resistir até o fim”. 

Para Dilma, o pedido de afastamento é motivado pelo fato de ela ter escolhido gastar o dinheiro do governo com os mais pobres. “Nós fizemos escolhas porque o dinheiro é finito, então, você tem de escolher onde gastar. Nós escolhemos ampliar o gasto na agricultura, na produção e nos programas sociais. Na área da agricultura familiar e assentamentos, nós saímos de menos de R$ 2,5 bilhões para R$ 30 bilhões. Na agricultura comercial, nós saímos de menos de R$ 25 bilhões para R$ 202 bilhões. Nós fizemos, de fato, uma escolha diferente da dos nossos antecessores”, afirmou. Ainda de acordo com a presidente, o que está ocorrendo no país é “mais que um golpe, é uma tentativa clara de fazer uma eleição indireta para colocar no governo quem não tem voto suficiente para lá chegar”.

Dilma disse que o novo governo que será formado, caso ela seja afastada, pretende reduzir o Bolsa Família aos 5% mais pobres do país, o que significa 10 milhões de pessoas. “O foco é tirar do Bolsa Família 36 milhões de pessoas. Isso porque eles sabem que o gasto do Bolsa Família é de menos de 1% do PIB, um dos menores do país. E aí querem fazer economia com o dinheiro dos pobres? Jamais se elegeriam”, afirmou.

Para a presidente, o novo governo não terá condição de “quebrar” todos os seus programas, mas alertou o público presente de que “eles vão tentar”. Ela conclamou as pessoas a lutarem pelos seus direitos. “Nós todos temos que lutar para que não haja retrocesso. Eu tenho de lutar contra o impeachment, e vocês tem que defender o interesse de vocês. Nós temos que lutar pela democracia”, disse.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iceberg enorme assusta moradores de vilarejo na Groenlândia.

Saiba o que muda com a lei que protege seus dados na rede + NOTÍCIAS

Buldogue francês branco e preto é furtado e pintado para não ser reconhecido.