Johnny Depp é acusado de violência doméstica.

Começou a surgir rumores de que o casamento de Johnny Depp e a atriz Amber Heard não deve terminar de uma forma amigável.
Começou a surgir rumores de que o casamento de Johnny Depp e a atriz Amber Heard não deve terminar de uma forma amigável. Essa informação ganhou repercussão após o ator de 'Piratas do Caribe' ter sido acusado de violência doméstica. De acordo com a revista People, Amber abriu um processo de divórcio nesta semana.

Amber Heard quer pensão alimentícia e também solicitou, no pedido de separação, que Johnny Depp assuma todas as despesas advocatícias do processo. Porém o ator já rejeitou esses pedidos e entrou com uma apelação à corte pedindo que considere os bens e rendimentos do ex-casal separadamente. Segundo informações divulgadas pela coluna Gente, do portal iG,  gira em torno de R$ 1,4 bilhão.

A atriz abriu uma ordem de restrição contra Depp por conta de uma agressão física depois de aparecer com um olho roxo.  A ordem é julgada pela corte e visa proteger pessoas que sofrem algum tipo de abuso doméstico.

A assessoria de imprensa de Johnny Depp disse a revista People que "diante da rapidez desse casamento e a recente perda de sua mãe, Johnny não vai responder nada sobre fofocas e histórias falsas sobre sua vida pessoal. Esperamos que o término desse casamento seja resolvido logo".

O relacionamento  entre Johnny Depp e Amber Heard durou apenas 15 meses.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.