Mãe matou o filho a facadas após briga em SP.

A Polícia Civil do Estado de São Paulo suspeita que a gerente de supermercado Tatiana Lozano Pereira matou o próprio filho a facadas. Ela foi presa na tarde desta quarta-feira (11). O crime ocorreu na cidade de Cravinhos na madrugada do dia 29 de dezembro após mãe e filho terem discutido.

Na delegacia, Tatiana disse que o filho, identificado como Itaberli Lozano, teria ameaçado a família e estava envolvido com drogas, o que motivou o crime. Tatiana pegou uma faca e atacou seu filho no pescoço, que morreu ainda no local. Depois, com ajuda do atual marido, o tratorista Alex Canteli Pereira, a mãe retirou o corpo do filho enrolado em um edredom da casa onde moravam. Eles levaram o corpo até um canavial e atearam fogo ao mesmo.

A mãe do jovem e seu atual marido confessaram o crime. O delegado Elton Testi pediu a prisão temporária do casal por 30 dias. Tatiana foi levada para a Cadeia Feminina de Cajuru (SP), enquanto Alex foi encaminhado para a Cadeia de Santa Rosa de Viterbo. Nenhum dos dois possuía passagens pela polícia.

De acordo com informações do portal 'G1', o advogado deles afirma que entrará com um pedido de habeas corpus à Justiça. Ele alegará legítima defesa de Tatiana e estado de violenta emoção do casal.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do portal G1.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.