Criança com câncer agoniza no HFM, em Campos, RJ, esperando transferência.

Campos dos Goytacazes - Iader Coutinho dos Santos, de 6 anos, deu entrada no Hospital Ferreira Machado no dia 08 de fevereiro. Com diagnóstico de câncer, o menino ainda espera uma transferência para um hospital especializado no tipo de tratamento que necessita passar. Segundo informações do jornal "Notícia Urbana", há quase um mês, a família da criança labuta para que o ele seja transferido para Itaperuna ou Rio de Janeiro, mas, segundo parentes, a própria unidade de saúde não explica o porquê de a transferência ainda não ter acontecido.

A criança sofre de câncer do tipo meduloblastoma, e no mesmo mês, passou por uma cirurgia no Hospital São José do Avaí, em Itaperuna. Após o procedimento, o menino foi encaminhado para o tratamento de radioterapia na própria cidade. Antes, porém, de dar início a radioterapia, a criança teve uma crise convulsiva em Campos, cidade onde mora, e foi socorrido para o HFM, onde está internado desde o dia 8 do mês passado, disse, ao jornal, Cenilda Coutinho Souza, tia da criança.

Burocracia - Ainda de acordo com a tia de Iader, problemas burocráticos estariam impedindo a transferência da criança. Ao jornal N.U, ela explicou que o Instituto Nacional de Câncer (INCA) alega que a cirurgia dele aconteceu no Hospital São José do Avaí. Sendo assim, o tratamento deverá acontecer na unidade de saúde itaperunense. Por outro lado o hospital de Itaperuna diz que não pode receber o paciente porque não existe convênio entre a Prefeitura de Campos. Enquanto os hospitais ficam nesse jogo de empurra, a saúde dele vai ficando cada vez mais debilitada.

Meduloblastoma é um câncer do cerebelo, de crescimento rápido, pouco invasivo e mais comum em crianças. Se origina nas células neurológicas mais primitivas da medula do cerebelo.

Ainda de acordo com o jornal "N.U", a Secretaria de Saúde de Campos disse, através de nota, que tem acompanhado o caso da criança Iader Coutinho dos Santos e já solicitou à Regulação Estadual uma vaga para UTI pediátrica em Itaperuna para que a transferência seja feita, porém aguarda uma estabilização do quadro clínico do paciente. O Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, é referência em neurocirurgia e regulada pelo Estado e recebe pacientes para esse tipo de procedimento mediante confirmação da vaga pela Regulação Estadual.

(Por: Washington Luiz).
Com informações do Jornal de 'Notícia Urbana'.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.