Tapioca contém cianeto e pode matar? Não, é boato.

Tapioca pode matar? De acordo com informações que circulam pelas redes sociais o consumo de tapioca pode ser fatal. Isso porque "a mandioca contém ácido cianídrico, que é transformado em cianeto, um veneno mortífero, que ataca células nervosas, causa danos nas funções dos pulmões e dos rins e, sobremaneira, no sistema digestivo". 

Essa notícia pegou muita gente de surpresa, mas não é verdadeira. A tapioca não é um veneno mortal. Segundo o pesquisador Joselito Motta, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a informação é falsa porque o ácido é eliminado durante o processo de fabricação da farinha de mandioca.

O engenheiro disse ao 'G1' que "a fécula ou amido é retirada de qualquer uma das variedades depois de um processamento ainda mais completo que para o fabrico da farinha. Não existe portanto a menor possibilidade de haver a presença de HCN - ácido cianídrico - na tapioca, pois ele é removido com a água durante o processamento da raiz", explicou Motta. 

Sendo assim, para o especialista, não existe o menor risco em relação a isso, justamente porque o ácido cianídrico é retirado nas primeiras etapas de fabricação da farinha. "A fécula é a última etapa do processamento da raiz da mandioca. Se a farinha já não tem HCN, imagine a goma ou o amido, que são a alma da farinha", disse o pesquisador.

Ainda de acordo com informações do portal de notícias da Globo, não há nenhum caso de morte registrado por ingestão de tapioca com ácido no país.

Conclusão: Está história de tapioca pode matar é boato.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do G1.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.