Jovem é indenizada após perder virgindade em consulta médica.

Uma jovem russa foi indenizada após ter “perdido a virgindade” em uma consulta ginecológica com sua médica, na Sibéria. 

Segundo o jornal "Siberian Times", o noivo dela teria terminado o relacionamento que eles mantinham após saber do rompimento do hímen da mulher.

Cristã devota, a jovem de 29 anos e seu ex-noivo acreditavam que era dever dela se casar virgem. 

A advogada da paciente celebrou a decisão judicial. 

Esse é o primeiro caso de indenização por perda de virgindade em cadeira ginecológica no país.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do 'Yahoo News'.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.