TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

GCM quebra punho de morador de rua em SP.

Um morador de rua foi agredido por um guarda civil municipal na cidade de São Paulo. O fato ocorreu próximo ao Metrô Conceição durante uma operação da prefeitura para recolher objetos deixados por moradores de rua.na última quarta-feira (03/05). O homem, identificado como Samir Ahamad, de 40 anos, teve o punho fraturado após agressões. 

O estudante de jornalismo Marcos Hermanson passava pelo local e gravou toda a ação dos guardas civis municipais. 

O prefeito de São Paulo, João Doria, prometeu emprego a Samir.

Samir é casado com Mirella Nunes, de 38 anos. Eles costumavam a morar no bairro do Limão. De acordo com informações do "G1", ele foi para as ruas há seis meses, após perder o emprego e não conseguir mais pagar o aluguel. Atualmente, Samir e Mirella estão acolhidos no Centro Temporário de Acolhimento, entregue há uma semana pelo prefeito João Doria. 

A Polícia Civil afirmou que o 35º Distrito Policial instaurou inquérito policial para investigar o caso. A corregedoria geral da GCM afirmou que vai apurar a conduta dos agentes e que eles serão afastados das atividades operacionais temporariamente.

Edição: Washington Luiz
Com informações do portal G1.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?