Maia admite suspender recesso para votar eventual denúncia contra Temer.

Olá pessoal. O deputado Rodrigo Maia admitiu a possibilidade de que o recesso parlamentar do Congresso Nacional seja suspenso para análise de um eventual pedido de denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer.

Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, a questão pode justificar uma suspensão do recesso, marcado para acontecer entre 18 e 31 de julho. Temer seria acusado dos crimes de obstrução de Justiça, corrupção passiva e participação em organização criminosa. 

A eventual denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, teria como base a gravação de uma conversa entre Temer e o presidente da JBS, Joesley Batista, além de delações de executivos da empresa.

Para que a investigação tenha andamento é necessária a autorização de, no mínimo, dois terços dos representantes da Câmara. Com informações da Agência Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.