Aécio quer pedido prisão contra ele julgado no plenário do STF.

Olá pessoal. A defesa do senador Aécio Neves pediu ao Supremo Tribunal Federal  que o pedido de prisão contra ele seja julgado por todos os 11 integrantes da Corte, em plenário, e não pela Primeira Turma, composta por cinco ministros, conforme previsto.

Para julgar a questão, os ministros deverão analisar a aplicação ao caso do artigo 53 da Constituição, segundo o qual os parlamentares “não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável”.

Está marcada para terça-feira (20), na Primeira Turma, o julgamento de dois recursos: um do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que quer a prisão preventiva de Aécio, e outro do próprio senador pedindo que seja assegurada sua liberdade.

Defesa de Aécio Neves


O advogado Alberto Zacharias Toron, que representa Aécio, argumentou que o tema afeta a relação entre os poderes, e, por isso, deve ser analisado pela composição completa do Supremo, “diante do inegável alcance político/institucional que a controvérsia assume”.

O advogado de Aécio Neves pediu também, em uma segunda petição nesta sexta-feira, que o julgamento de sua eventual prisão seja adiado em ao menos dez dias. O argumento é que a PGR, em seu recurso reforçando o pedido de prisão, acrescentou elementos novos não conhecidos pela defesa. Com informações da Agência Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boatos de que tigres teriam fugido do zoológico se espalham pela web + NOTÍCIAS.

Presidente do STJ nega 143 pedidos de liberdade a Lula + NOTÍCIAS

Presidente do STJ nega liberdade a Lula + NOTÍCIAS.