Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

Governo distribuirá vibradores em escolas públicas [é boato]

Assuntos: Boatos que circulam pela Internet.

Governo distribuirá vibradores de borracha em escolas?

Ola pessoal. Sempre questione. Está circulando pelas redes sociais uma notícia que diz que o Ministério da Educação e Cultura (MEC) vai comprar e distribuir gratuitamente 500 mil vibradores de borracha para uso nas escolas. 
"Edital Mec – Distribuição gratuita de 500 mil vibradores de borracha nas Escolas ...O Diário Oficial da União publicou um inusitado edital de licitação do Ministério da Educação, por meio do qual pretende adquirir diversos tipos ...", diz um trecho da notícia compartilhada nas redes sociais.

É verdade que o MEC vai comprar 500 mil vibradores para distribuir em escolas? A resposta para pergunta é NÃO! O próprio Ministério da Educação e Cultura disse que a notícia é "inteiramente falsa" e já foi publicada outras vezes na internet. 

Ainda de acordo com o MEC, o texto foi remodelado, mas a própria montagem do Diário Oficial, sem data, já denota a não veracidade das informações. 

Finalmente, basta realizar uma pesquisa no Diário Oficial da União para ver que não há nenhuma menção a essa licitação.

Conclusão

Essa notícia, que teve origem em um site de humor, dando conta que o MEC vai comprar 500 mil vibradores e distribuir nas escolas é FALSA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?