Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

Comerciante indenizará família de assaltantes [é boato].

Assunto: Boatos que circulam pela internet.
Comerciante vai indenizar família de assaltantes.

Comerciante indenizará família de assaltantes? 

Olá pessoal. Está circulando pela Internet um vídeo mostrando um comerciante reagindo a um assalto. As imagens não serão divulgadas neste post. O homem disparou e acertou os dois bandidos e o criminosos não resistiram aos ferimentos e morreram. O caso ocorreu em Caldas Novas, no estado de Goiás, e ganhou repercussão e também outras versões. Uma delas diz que o comerciante terá que indenizar a família dos bandidos, um jovem de 18 anos e outro de 19 anos. Será? 

"Mesmo agindo em legítima defesa, o comerciante tirou a vida de dois jovens que davam sustento à suas famílias ... As famílias desses rapazes não têm condições financeiras, e dependiam deles para se manterem. Ao tirar a vida dos dois, o comerciante também tirou a renda da família, que agora não tem como sobreviver...", diz um trecho do texto atribuído a a diretora da Secretaria de Direitos Humanos do Estado de Goiás, Carmén Santucci. Esta circula pelo Facebook e também pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. 

Apesar de ter gerado muitos comentários, trata-se de uma informação FALSA. Já começa pelo fato de citar a diretora de uma Secretaria de Direitos Humanos que não existe. Outro fato que chama a atenção e podemos conferir acessando o site do Governo do Estado de Goiás é que na verdade, o estado tem a Secretaria Cidadã e Direitos Humanos é uma Superintendência Executiva. Cabendo ressaltar ainda que a atual superintendente se chama Onaide Santillo e não Carmén Santucci como diz o texto que circula pela internet.

"A indenização mede-se pela extensão do dano", conforme determina o Código Civil Brasileiro, em seu artigo 944. Cabendo ressaltar que deve-se analisar a relação entre a culpa do agente e o dano causado. Neste caso, o comerciante agiu em legítima defesa, ou seja, ele é que foi vítima de uma ação criminosa. Logo, se alguém tivesse que receber indenização NÃO seria a família dos bandidos. 

Conclusão

Essa história de que um comerciante de Caldas Novas terá que indenizar família de assaltantes é FALSA. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?