Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

Criança desmaia de fome em sala de aula no Cruzeiro, DF.

Aluno de 8 anos desmaia de fome em uma escola do Cruzeiro, DF.
Sem almoço, aluno desmaia de fome em colégio a 30 km de casa no Distrito Federal. A informação é do portal de notícias 'G1'. 

De acordo com a publicação, o estudante, um menino de 8 anos de idade, desmaiou de fome enquanto assistia à aula em uma escola do Cruzeiro. Segundo a professora Ana Carolina Costa, que dava aula para a criança que sofreu o desmaio, "quando o Samu chegou e fez o atendimento, e viu que era fome, até o rapaz praticamente chorou".

Aos médicos do Samu, o estudante contou que sua última refeição tinha sido um prato de mingau de fubá, comido no dia anterior.

O menino mora no Paranoá Parque, um empreendimento do Minha Casa, Minha Vida. Como não há escola pública no local, mais de 200 crianças percorrem 30 km para frequentar a escola.

Segundo informações da equipe da Escola Classe 8 do Cruzeiro, a reclamação de fome é comum entre os alunos. A Secretaria de Educação disse "lamentar" o caso do estudante, e informou que não oferece almoço às crianças porque não há ensino integral na unidade. Em nota enviada à "TV Globo", a pasta disse ainda que vai "reavaliar" a situação. A secretaria diz que fornece um "lanche" a cada turno. Segundo funcionários, na maioria das vezes, a merenda é composta por biscoito e suco.

Momento Verdadeiro com informações do G1.

Comentários

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?