Fernando Haddad é indiciado por caixa 2.

Fernando Haddad é indiciado por caixa 2.
É Notícia. O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, foi indiciado por falsidade ideológica. O petista está sendo investigado pela Polícia Federal (PF) por formação de caixa 2 durante a campanha de 2012.

O inquérito concluído pela Polícia Federal será enviado para Justiça Eleitoral, que abre vistas para o Ministério Público. Caberá ao promotor decidir pela denúncia, arquivamento ou continuação da investigação. Esse inquérito foi instaurado em 2015, a partir da deleção premiada do empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia.

Na delação premiada, o engenheiro contou que logo após a campanha, ele foi procurado pelo tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que pediu para que ele pagasse uma dívida de campanha do ex-prefeito Fernando Haddad. Ricardo Pessoa disse que o diretor financeiro da UTC se encontrou com um dono de uma gráfica e efetuou o pagamento de R$ 2 milhões e 600 mil reais referentes a dívidas de campanha de Haddad durante a campanha de 2012.

Se baseando em um vídeo feito pelo ex-prefeito, no qual ele aparece pedindo doações a seus eleitores para quitar dívidas que ficaram depois da eleição de 2016, mesmo considerando que o vídeo não é uma prova cabal contra Fernando Haddad, a Polícia Federal acredita que pode ter ocorrido caixa 2 também na campanha de 2012.

-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

O ex-prefeito Fernando Haddad disse, através de sua assessoria, que não há o mínimo de indício de participação dele num ato descrito por um colaborador sem credibilidade. A nota diz ainda que o delegado desconsiderou o depoimento do dono da gráfica e outros documentos para fazer o indiciamento. Com informações da Globo News.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carlos Villagrán, o Kiko, do "Chaves", morreu? Não, é boato.

Fátima Bernardes ajuda família de ladrão morto por mãe policial? Não!

Avião que levava a cantora sertaneja Marília Mendonça é interceptado em Jundiaí.