Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

CASO DE POLÍCIA: Principal linha de investigação aponta para "execução" de vereadora.

É notícia. É caso de polícia.
Principal linha de investigação aponta para "execução" de vereadora.

As primeiras informações que vão sendo divulgadas são de que a  principal linha de investigação da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL,  aponta para um homicídio doloso (quando há intenção de matar).

De acordo com informações do portal UOL,  a possibilidade de que o crime tenha sido uma tentativa de latrocínio é considerada remota. 

Novas informações serão divulgadas no decorrer da investigação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?