NOTÍCIA: Mãe colocava papel na boca da menina para abafar gritos.

É notícia. É caso de Polícia. A que ponto pode chegar o ser humano? O que justifica tanta crueldade? Um caso investigado pela polícia em Itapetininga, surpreendeu muita gente, suspeita de matar a própria filha, colocava papel na boca da menina para abafar gritos. Débora Rolim da Silva e Phelipe Douglas Alves foram presos no última sábado, eles são suspeitos de espancarem e matarem a filha Emanuelly Aghata da Silva, de 5 anos. Em entrevista a TV TEM, uma babá disse que a menina era agredida constantemente.

A Polícia Civil disse na época que entendeu que não se tratava de um caso grave de maus-tratos. Os pais apenas assinaram um termo circunstanciado, foram ouvidos e liberados. Como assim? A criança sofrendo maus tratos e não havia nada que parecia fora do normal? Será que alguém poderia me explicar isso? Pelo amor de Deus!

A Justiça já decretou em audiência de custódia a prisão preventiva dos pais de Emanuelly até o dia do julgamento, que ainda não tem data marcada.O corpo dela foi sepultado no Cemitério de São João Batista, em Itapetininga.

Ouça a reportagem completa no vídeo acima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carlos Villagrán, o Kiko, do "Chaves", morreu? Não, é boato.

Justiça Federal suspende benefício de ex-presidente a Lula.

Avião que levava a cantora sertaneja Marília Mendonça é interceptado em Jundiaí.