Chefe do tráfico manda matar pessoas com ligações com policiais.

É notícia. É caso de polícia. Ser amigo ou manter algum tipo de relacionamento com policiais é sentença de morte em Belford Roxo, isso porque um dos chefes do tráfico de drogas, Cremilson Almeida de Souza, mais conhecido como Coroa, não vê esse tipo de relacionamento com bons olhos e, geralmente, acredita que esse tipo de pessoa deve ser eliminada. Essa forma de operar está descrita no pedido de prisão feito pelo Ministério Público do Rio de Janeiro contra Coroa e mais outros três integrantes de seu grupo: Wellington Feliz Lima, José Augusto Conceição barros da Silva e Marcelo Fernandes Silva.

Coroa divulgou uma lista de moradores que deveriam ser eliminados pelo fato de serem policiais ou manter algum tipo de ligação com agentes da lei. Coroa e seus comparsas já têm prisão preventiva decretada pela 1ª Vara Criminal de Belford Roxo. Com informações do portal G1.

Ouça a reportagem completa no vídeo acima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Buldogue francês branco e preto é furtado e pintado para não ser reconhecido.

Vendedor é preso após filmar cliente no provador de uma loja de roupas.

Alcione posta vídeo cantando para Arlindo Cruz e emociona + NOTÍCIAS.