Justiça autoriza transfusão de sangue em bebê de família Testemunha de Jeová.

É notícia. Justiça autoriza transfusão de sangue em recém-nascido de família Testemunha de Jeová

São Paulo - A Justiça de São José do Rio Preto autorizou a Santa Casa a fazer transfusão de sangue em um recém-nascido que está internado no hospital. Os pais seguem a religião Testemunha de Jeová e tinham negado o procedimento.

s Diante da negativa, a Santa Casa entrou com um pedido de tutela antecipada alegando que a criança poderia morrer se não fizesse o procedimento. O juiz acatou o pedido, destacando que a demora natural dos trâmites do processo poderia trazer dano irreversível ou de difícil reparação para o bebê. As informações são do portal G1.

Comentários

  1. A Universidade Federal do Mato Grosso do Sul declarou que transfusões de sangue é muito perigoso, pode matar e deve ser evitado. O vídeo da reportagem no youtube é "ufms sangue" onde mostra médicos especialistas revelando realmente o que acontece com o paciente ao receber sangue. Pelo fato do bebê continuar internado na UTI já mostra o resultado negativo da transfusão.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Postagens mais visitadas deste blog

Carlos Villagrán, o Kiko, do "Chaves", morreu? Não, é boato.

Fátima Bernardes ajuda família de ladrão morto por mãe policial? Não!

Justiça Federal suspende benefício de ex-presidente a Lula.