Dipirona importada da Venezuela contém vírus mortal? Não, é Fake News.

A informação que acaba de chegar aqui não é nova, pelo contrário, ela circula pelas redes sociais há tempo e agora vem ganhando repercussão novamente através de mensagem encaminhada pelo WhatsApp. 

O texto diz que o medicamento dipirona está sendo importado da Venezuela com o vírus mortal, que causa febre hemorrágica e pertence à mesma família do Ebola. Para ganhar mais credibilidade, o texto diz que trata-se de uma informação divulgada pela organização Médicos Sem Fronteiras. Só que não é verdade. Trata-se de mais uma notícia falsa que circula pela rede. 

Conforme informações apurada pelo G1, não há informações sobre a importação de dipirona da Venezuela nem dados sobre produtos que contenham vírus na cápsula ou embalagem, como relata a corrente. Informações confirmadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Inclusive, a Anvisa esclarece que medicamentos vendidos no Brasil e que possuem registro na agência têm “eficácia e segurança avaliadas antes da entrada no mercado”.

Essa história de que a nova dipirona importada da Venezuela contém vírus mortal é Fake.

Aqui você fica bem informado.

Comentários

Atenção! Por favor, observe que o conteúdo deste site é protegido por direitos autorais. Não é permitido o uso não autorizado do conteúdo sem a permissão prévia do autor. Caso tenha interesse em utilizar alguma parte do conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail momentoverdadeiro@gmail.com para mais informações. Agradecemos a compreensão.

Seguidores

Postagens mais visitadas deste blog

Escândalo de estupro envolvendo Daniel Alves: Tatuagem expõe mentiras do jogador

Jovem relata como sobreviveu ao incêndio na Boate Kiss em Santa Maria (RS).

Vocalista da banda Gurizada Fandangueira contou sua versão sobre o incêndio na Boate Kiss.