Japonês da Federal era espião e passava informações aos militares durante ditadura.

Notícias da TV. O apresentador Pedro Bial recebeu em seu programa 'Conversa com Bial' o agente aposentado da Polícia Federal Newton Ishii, popularmente conhecido como 'Japonês da Federal'. 

Durante a entrevista, o Japonês da Federal revelou que trabalhou infiltrado entre os estudantes para ditadura militar, ele admitiu que foi um espião durante os anos de chumbo.

O Japonês da Federal ficou bastante popular durante a Operação Lava Jato, que teve inicio em março de 2014. Na ocasião, ele costumava ser visto conduzindo empreiteiros, operadores financeiros, políticos e funcionários públicos que eram presos.

Porém a trajetória de Newton Ishii não é marcada somente por sua atuação na PF. Pelo contrário, o Japonês da Federal foi condenado por facilitar a entrada de contrabando no país. Em junho de 2016, ele chegou a ser preso em virtude da Operação Sucuri, que descobriu envolvimento de agentes na entrada de contrabando pela fronteira, e passou a cumprir pena em regime semiaberto. De acordo com a Polícia Federal, a redução de pena se deu devido aos dias trabalhados pelo agente.

Além disso, logo depois da sentença, o Japonês da Federal teve sua aposentadoria considerada irregular pelo Tribunal de Contas da União. Em fevereiro deste ano, ele se aposentou aos 62 anos. Recentemente, o Japonês da Federal lançou sua biografia mencionando seus dramas pessoais como o suicídio do filho e a morte da esposa.

Newton IshiiJaponês da Federal, Conversa com BialNotícias da TV

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.