TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

Nova grade fracassa e nervos estão à flor da pele nos bastidores da GloboNews.

Notícias da TV. O clima está tenso, nova grade da Globo News fracassa. Segundo informações do colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL, os nervos estão à flor da pele nos bastidores da GloboNews

Os motivos elencados são: repórteres insatisfeitos, reclamações entre colegas, erros técnicos, muita matéria repetida e, principalmente, ibope em alguns horários já rondando o chamado “traço”, informa o colunista.

Isso ocorre por causa de um aparente erro decisório, que foi, segundo Feltrin, a criação de três programas jornalísticos com três horas de duração cada. São eles: Em PontoEdição das 10 e o Estúdio i.

O primeiro, maior investimento da nova gestão da GloboNews, completa um mês no ar com resultados pífios no ibope.  Já o Edição das 10h ficou prolixo em suas três horas e repete muitas coisas do “Em Ponto”. Por último, o Estúdio i, que  já era uma atração complicada com duas horas de duração. Resumindo, o telespectador da GloboNews vê hoje de forma cotidiana os mesmos repórteres entrando em todos os jornais para falar exatamente a mesma coisa, disse o colunista do UOL.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?