quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Advogada é presa e algemada durante audiência em Caxias. MP apura se houve violações de direitos humanos.

Notícias do Momento. Repercute bastante o caso envolvendo a advogada Valéria Lúcia no Rio de Janeiro. Ela foi algemada e presa enquanto participava de uma audiência no 3º Juizado Especial Cível de Duque de Caxias. 

Valéria tentava fazer as contestações do caso, mas a juíza queria encerrar a audiência e determinou que a advogada saísse da sala. Valéria disse que não iria sair e que esperaria a chegada de um delegado da OAB, figura que atua em casos de suspeita de violação ao trabalho e direitos dos advogados.

Hoje o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro informou que vai apurar o caso. O órgão também afirmou que será apurado se houve violações de direitos humanos.

O presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB do Rio de Janeiro, Luciano Bandeira, anunciou, durante entrevista coletiva, que a entidade pedirá punição máxima aos policiais militares e à juíza envolvidos no caso.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.