Bolsonaro é internado no Hospital Albert Einstein.

Uma situação que ainda está pendente de esclarecimento, fato é que Bolsonaro foi esfaqueado e poderia ter perdido a vida durante um ato de campanha em Minas Gerais. O agressor do candidato, Adélio Bispo de Oliveira, foi enquadrado pela Polícia Federal na Lei de Segurança Nacional.

Hoje de manhã,  Jair Bolsonaro deu entrada no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo. A transferência dele da Santa Casa de Juiz de Fora para o centro médico da capital paulista foi decidida pela família após médicos considerarem o estado de saúde dele "extremamente estável".

Quando deu entrada na Santa Casa, Bolsonaro chegou ao hospital em estado de choque por causa do forte quadro hemorrágico e que poderia ter morrido se não fosse o pronto atendimento. Conforme informou a médica Eunice Caldas Dantas, a prioridade imediata foi reverter o quadro de perda de sangue, estancando a hemorragia e fazendo uma transfusão, com o uso de quatro bolsas de sangue.  Foi feita a intervenção na região do intestino, pois a perfuração por faca atingiu severamente o intestino grosso, que foi seccionado, com a necessidade de retirar 10 centímetros da área atingida. A médica explicou ainda que Bolsonaro usará uma bolsa de colostomia de dois a três meses.

Comentários

Postagens mais visitadas