Defesa pode pedir efeito suspensivo da decisão que impede a candidatura de Lula.

TSE decide por 6 votos a 1 rejeitar a candidatura de Lula a presidente
Eleições 2018. Mais uma decisão desfavorável ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Por 6 votos a 1, ministros do Tribunal Superior Eleitoral decidiram pela rejeição do pedido de registro de candidatura do petista  à Presidência da República.

Ficou decidido também que Lula não pode fazer campanha como candidato. 

O Partido dos Trabalhadores tem um prazo de 10 dias para substituir Lula. Mas cabe ressaltar que ainda existe a possibilidade da defesa do ex-presidente entrar com um recurso, que pode se apresentado no TSE ou STF.

A defesa ainda não informou se vai recorrer da decisão. No recurso, os advogados de Lula podem pedir ao relator efeito suspensivo da decisão.

A candidatura do ex-presidente foi alvo de 16 impugnações no TSE.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.