Presidente do Flamengo pode ser 'impeachmado' por usar o nome do clube em campanha eleitoral.

Notícias do Momento. De certa forma, é complicada a situação do atual presidente do Flamengo. Eduardo Bandeira de Mello está vivendo um momento delicado no clube. Trata-se de uma situação que está gerando acusações e pedidos de impeachment nos conselhos do Flamengo.

Entenda o caso: Eduardo Bandeira vive uma situação política conturbada por conta da eleição do clube em dezembro e de ser candidato a deputado federal. No final da última semana, foi protocolada mais uma solicitação de punição. De acordo com o relatório, artigos do estatuto do Flamengo estão sendo feridos sistematicamente por Bandeira em sua campanha para deputado. O nome do clube tem sido utilizado pelo presidente em seus discursos, comícios e em propaganda eleitoral gratuita.

E, usar o nome do Flamengo, configuraria uso da instituição para fins políticos, conforme a denúncia. Cabendo ressaltar que está manobra poderia acarretar uma suspensão de 360 dias ou eliminação do quadro, segundo o estatuto do Flamengo.

Por enquanto, será nomeada pelo Conselho Deliberativo uma comissão de inquérito, que terá um prazo de 60 dias para decidir o parecer sobre a conduta de Eduardo Bandeira. Com informações do jornal O Dia.

Comentários

Eu apoio Notícias do Momento

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.