Notícias: Sem Bolsonaro, Globo cancela debate; Haddad recebe apoio de torcidas organizadas.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.

A gente começa esta edição falando sobre o desfecho de um suposto sequestro envolvendo uma cabeleireira. O caso já foi solucionado pela Polícia Civil de Mato Grosso, que descobriu que não houve nenhum sequestro. Na verdade, segundo informações da polícia, Alline Figueiredo da Cruz, de 28, anos, que era considerada desaparecida desde a última quarta-feira (17), simulou um sequestro para ficar com o amante dela, Marcelo de Souza Arruda. Eles se conheceram pelo Facebook.

Alline foi encontrada no último domingo dizendo que foi vítima de sequestro. No entanto, em depoimento à polícia, ela confessou que simulou o desaparecimento para ficar com Marcelo. O casal viajou para uma propriedade rural no Distrito de Mimoso.

Sem Bolsonaro, TV Globo cancela debate do 2º turno

Globo cancela debate. Em time que está ganhando não se mexe! Bolsonaro, liderando todas as pesquisas de intenção de votos para presidente, e praticamente com a faixa presidencial nas mãos, sem ter que enfrentar o cara a cara com seu adversário, o petista Fernando Haddad, já deixou claro que neste momento não tem nenhum interesse em participar de debate na TV. Ciente disso, a TV Globo confirmou, ontem à noite, o cancelamento do debate televisivo entre os candidatos à Presidência, Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, que estava marcado para a próxima sexta-feira (26). A decisão foi anunciada depois que a campanha do PSL informou à emissora que o capitão reformado não participará do evento por questões de saúde.

Dólar inicia a semana em baixa - A cotação da moeda norte-americana fechou o primeiro pregão da semana em baixa de 0,74%, cotada a R$ 3,68. O Ibovespa, índice da B3, também começou a semana em alta, registrando valorização de 1,63%, com 85.596 pontos. Os papéis de grandes empresas também fecharam o pregão de hoje em alta, como Petrobras com valorização de 2,35%, Vale com alta de 3,25% e Itau subindo 1,46%.

Petista recebe apoio de torcidas organizadas - Nesta segunda-feira, Fernando Haddad recebeu o apoio de 69 torcidas organizadas e coletivos de futebol em um ato de campanha em São Paulo. Torcedores do Corinthians, do Palmeiras e de outros clubes subiram ao palco do teatro da PUC-SP, ergueram bandeiras e gritaram em apoio ao petista. Ao redor de Haddad, os torcedores fizeram uma versão do "poropopó", canto tradicional das arquibancadas para provocar o adversário. Os organizados entregaram ao presidenciável um manifesto no qual se dizem a favor da democracia e contra o fascismo que eles vêem representado na candidatura de Jair Bolsonaro, do PSL. Os torcedores citaram uma fala recente de Bolsonaro para argumentar que, caso eleito, o candidato agiria para acabar com as organizadas.

Militares terão espaço, mas não vão ocupar 1/3 dos ministérios. Em entrevista ao programa Conexão Repórter, do SBT, o presidenciável Jair Bolsonaro afirmou que os militares não ocuparão um terço do seu ministério, caso eleito. Bolsonaro também disse que a permissão de posse de armas pela população será um projeto apresentado logo no início do seu eventual governo. Bolsonaro ainda sugeriu o porte de armas para caminhoneiros com o objetivo de combater o roubo de cargas. Na entrevista, o presidenciável negou que haja risco de fechar o Congresso

Comentários

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.