sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Notícias: PSL nega caixa 2 na campanha de Bolsonaro; Moro diz que não 'inventou' depoimento de Palocci.

Notícias do Momento -  Aqui você fica bem informado.

PSL nega caixa 2 na campanha de Bolsonaro

O presidente do PSL, Gustavo Bebiano, negou que a campanha do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, tenha feito uso de caixa 2. Ele se referiu às denúncias veiculadas na imprensa sobre a existência de um grupo de empresários apoiadores de Bolsonaro que financiaria o envio em massa de mensagens falsas via WhatsApp. Gustavo afirmou que denunciação caluniosa é crime. Segundo ele, Haddad será processado e precisará responder pelas suas alegações.

PGR diz que fake news não convêm à democracia nem ao eleitor

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, alertou que a disseminação de conteúdo falso não convém à democracia nem ao eleitor. Ela advertiu que o foco das campanhas políticas deve ser o eleitor. Raquel Dodge ressaltou ainda que a liberdade de expressão deve ser garantida, mas abusos não devem ocorrer. O combate à divulgação de notícias falsas nas redes sociais, as chamadas fake news, foi tema principal de uma reunião hoje conduzida por Raquel Dodge com procuradores eleitorais e os advogados das campanhas de Bolsonaro e Haddad, além do ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Bolsonaro deveria ir a debates

Para 73% brasileiros, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, deveria comparecer a debates contra seu adversário no segundo turno, Fernando Haddad (PT). O número representa ser esta a posição, portanto, de três a cada quatro brasileiros entrevistados pelo instituto Datafolha, em nova pesquisa que foi divulgada na noite desta quinta-feira 18.

Outros 23% consideram que o presidenciável não deveria comparecer, enquanto 4% não souberam responder à pergunta. Dos entrevistados, 67% disseram considerar os debates como importantes para a decisão de voto nas eleições. Ao todo, 13% disseram considerar “um pouco importante”, enquanto 19% não levam os encontros  transmitidos pela televisão em consideração. A pesquisa Datafolha ouviu 9.128 pessoas entre os dias 16 e 18 de outubro. 

Moro diz que não 'inventou' depoimento de Palocci

Em resposta ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) - que pediu explicações suas a partir de representação do PT -, o juiz federal Sérgio Moro afirmou que não 'inventou' o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci (Fazenda/Casa Civil-Governo Lula e Dilma) e que não houve de sua parte 'qualquer intenção de influenciar as eleições gerais de 2018'. O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, havia pedido informações ao juiz da Operação Lava Jato, em 4 de outubro, pela retirada do sigilo de trecho da delação premiada de Palocci.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.