Lava Jato: Pezão é preso pela Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Notícias do Momento - Aqui você fica bem informado.

É destaque na imprensa nesta quinta-feira. Operação Boca de Lobo, desdobramento da Operação Lava Jato, prende o governador Luiz Fernando Pezão. A operação cumpre mandados expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça. 

A Boca de Lobo é baseada na delação premiada de Carlos Miranda, operador financeiro de Sérgio Cabral, que também está preso, de quem Pezão foi vice. O delator afirma que Pezão recebia mesada de R$ 150 mil quando era vice de Cabral.

O governador operava um esquema de corrupção próprio, segundo o Ministério Público Federal. De acordo com o MPF, apesar de ter sido homem de confiança de Sérgio Cabral e assumido papel fundamental na organização criminosa do ex-governador, inclusive sucedendo-o na sua liderança, Pezão operou esquema de corrupção com seus próprios operadores financeiros. Ainda segundo o MPF, há registros documentais, nos autos, do pagamento em espécie a Pezão de mais de R$ 25 milhões no período 2007 e 2015.

Pezão tem 63 anos, é economista e nasceu em Piraí, no Sul do estado, onde foi vereador por dois mandatos e prefeito por mais dois. No estado, Pezão começou a carreira no governo de Rosinha Garotinho, quando foi subsecretário de Governo e coordenação.

Pezão é o terceiro governador do Rio de Janeiro preso e o primeiro em cumprimento do mandato. Os ex-governadores Anthony Garotinho e Sergio Cabral foram presos. Também foram detidos, anteriormente, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani e vários parlamentares da Casa. Com informações do portal G1.

Obrigado pela audiência.
Inscreva-se e ative o sino para receber notificações sobre novos vídeos.

Comentários

Eu apoio Notícias do Momento

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.