Prefeito de Niterói é preso em desdobramento da Lava Jato

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, foi preso hoje por uma força-tarefa do Ministério Público estadual e da Polícia Civil. Ele foi denunciado por desvio de mais de R$ 10 milhões da verba de transporte do município entre 2014 e 2018. A Operação Alameda é um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Baseada em delação do ex-dirigente da Fetranspor, Marcelo Traça, a operação cumpriu outros três mandados de prisão e 19 de busca e apreensão. Todos vão responder por peculato e corrupção ativa e passiva.

Rodrigo Neves é apontado como líder de esquema que cobrava das empresas de ônibus consorciadas do município 20% sobre cada reembolso da gratuidade de passagens. O esquema também previa o combate ao transporte clandestino de passageiros para que os consórcios operassem sem concorrência.

O prefeito também é acusado de fraudar licitações para favorecer empresas e de receber dinheiro de caixa 2 para campanha. Com informações do portal de notícia G1. Ouça a reportagem completa no vídeo acima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.