Aprovação do orçamento impositivo: Vitória ou derrota de Bolsonaro?

Entre as notícias mais comentadas do dia, o destaque vai para aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC)  que reduz o poder do Governo Federal sobre o orçamento. 

A pergunta agora é: considerando impasses envolvendo Rodrigo Maia e Bolsonaro, o resultado pode ser considerado - vitória ou derrota do presidente? 

Apoiadores do governo negam derrota em aprovação do orçamento impositivo, mas, a votação, pegou os governistas de surpresa, porque não estava prevista para esta terça. Embora, tenha contado com apoio até do PSL, partido de Bolsonaro. 

O deputado Eduardo Bolsonaro fez questão de ressaltar que ele e o pai são favoráveis à medida. Segundo o parlamentar, essa mudança vai trazer independência para os deputados federais e se trata de uma relação harmônica entre os poderes.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse considerar que o governo tenha mudado de posição sobre o assunto. Uma vez que, a posição favorável de Eduardo Bolsonaro retira a impressão de que era um movimento da Câmara contra o Poder Executivo.

Na prática, isso reduz o poder do governo sobre os gastos, já que haverá menos remanejamento das despesas, ou seja, fica parecendo que a nova política se omitiu e a velha vai dizer quem gasta, quanto gasta, onde gasta. 

A matéria ainda será analisada pelo Senado.

Comentários

Eu apoio Notícias do Momento

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.