quinta-feira, 14 de março de 2019

Estudante voltou para a escola em busca da namorada e foi morto no massacre de Suzano.

Ainda estamos muito chocados com o triste e recente caso envolvendo alunos e funcionários da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. Novas informações vão sendo divulgadas pela imprensa a todo instante.

Recentemente foi divulgado que um estudante, identificado como Douglas Murilo Celestino, de 16 anos, foi uma das vítimas fatais do massacre em Suzano. A principio, ele tinha conseguido escapar dos atiradores, mas, resolveu voltar para ajudar sua namorada, identificada como Adna Bezerra, também de 16 anos, e acabou se tornando mais uma vítima dos assassinos. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, mas não resistiu. 

O corpo de Douglas está sendo velado em uma igreja, no Parque Maria Helena, em Suzano. A namorada dele está internada na UTI do Hospital das Clínicas em São Paulo e segundo a Secretaria Estadual de Saúde, seu estado é estável.

Sete pessoas, sendo cinco alunos e duas funcionárias do colégio morreram no atentado. Em seguida, um dos assassinos atirou no comparsa e, então, se suicidou. Segundo a Polícia, os assassinos – Guilherme Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique, de 25, eram ex-alunos do colégio. Eles tinham um "pacto" segundo o qual cometeriam o crime e depois se suicidariam. Com informações do G1.

Obrigado pela audiência.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.