TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

Polícia apura ameaça de ataque armado ao Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora em Campos, RJ.

Pais e alunos de uma tradicional escola particular de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, ficaram preocupados após tomarem conhecimento de que poderia ocorrer um suposto ataque com arma de fogo no colégio. Por causa da ameaça, o Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora (Censa) ganhou destaque nas redes sociais. 
Ameaça de ataque ao Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora virou caso de polícia em Campos, RJ.
Virou caso de polícia. Tudo isso ocorreu depois que um aluno do Ensino Médio cogitou entrar armado na escola. Em mensagens enviadas para uma colega de turma, o aluno, de 14 anos, avisou: "Na hora da saída sai correndo o mais longe que puder senão vai sobrar pra tu tbm .... Leva arma pra escola amanhã".

Acompanhado dos pais, o aluno esteve na 134ª DP onde foi ouvido pelo delegado Bruno Cleuder. O caso está sendo devidamente apurado pela Polícia Civil. Segundo o delegado, por enquanto, "parece ser uma travessura".  

Por meio de nota, o Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora informou que o aluno foi ouvido e que não houve mudança na rotina da escola. "Imediatamente conversamos com este estudante e convocamos os pais para uma reunião de esclarecimento dos fatos. Ressaltamos que, durante todo o dia, nossas atividades pedagógicas aconteceram de forma normal, em ambos os turnos, sem riscos para os demais alunos."

O aluno deve ficar suspenso até que tudo seja esclarecido.

Obrigado pela audiência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?