Bolsonaro quer reduzir teto da lei Rouanet.

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro disse que o limite de captação de recursos pela Lei Rouanet vai ser reduzido de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão por projeto. 

Segundo o presidente, a Lei Rouanet começou bem intencionada, mas depois virou festa. Para Bolsonaro, a Lei Rouanet se tornou uma “desgraça” usada para cooptar defensores de governos passados.

“Essa desgraça dessa Lei Rouanet começou muito bem intencionada, depois virou aquela festa que todo mundo sabe, cooptando a classe artística, pessoas famosas para apoiar o governo. Quantas vezes vocês viram figurões, não vou falar o nome, não, figurões defendendo ‘Lula livre’, ‘viva Che Guevara’, o ‘socialismo é o que interessa’ em troca da Lei Rouanet. Artistas recebiam até R$ 60 milhões.”

Embora reconheça que o novo teto permanece alto, Bolsonaro acredita que agora mais artistas poderão ser beneficiados por meio do mecanismo da lei. “Com R$ 1 milhão dá para fazer muita coisa, em especial alavancar esses artistas da terra, raiz, para quem sabe terem uma carreira promissora no futuro”, explicou o presidente, em transmissão ao vivo no Facebook.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.