Bolsonaro terá de driblar lei para fugir de impeachment, diz senador.

Notícias do Momento - Aqui você fica bem informado. Ainda é muito cedo, mas, ao que parece, o presidente Jair Bolsonaro já terá de driblar a lei para fugir de impeachment. Como assim? De onde surgiu essa ideia? Não é fake news, é avaliação feita por um senador da República. 

Em entrevista ao portal de notícias "UOL", o senador Alvaro Dias, do partido Podemos, disse que o governo Bolsonaro não tem tomado as medidas necessárias para sanear as contas públicas, e, por conta disso, o presidente corre o risco de enfrentar um processo de impeachment. 

De acordo com o parlamentar, o país pode entrar em colapso em função dos problemas de caixa. Em sua opinião, a equipe de governo tentará "driblar a regra de ouro" neste ano ou no próximo, recorrendo a algum tipo de manobra, para evitar a abertura do processo de afastamento. A norma proíbe o governo de contrair dívida para pagar despesas do dia a dia como salários de servidores, passagens aéreas e diárias. 

"Da forma como está se conduzindo na área econômica não vejo como superar essa dificuldade a médio prazo," disse Alvaro Dias ao ser questionado sobre o rombo nas contas públicas e os riscos que o país corre isso.

Atualmente, o Podemos é aliado do PSL no Senado, no entanto, segundo o senador,  mantém posição de independência em relação ao governo.

Alvaro Dias foi candidato derrotado à Presidência nas eleições do ano passado. 

Com informações do portal UOL.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.