Jovem de 25 anos morreu após procedimento estético em Lorena, SP.

Mais um caso trágico envolvendo uma jovem em busca do tão desejado corpo perfeito. Dayane Rodrigues, de 25 anos, morreu na noite desta quarta-feira após passar por um procedimento estético ilegal. O caso ocorreu em Lorena, no estado de São Paulo. 

As pessoas que fizeram o procedimento, de acordo com o pai da vítima, eram de Jacareí e vendiam tratamentos estéticos. O atendimento da jovem estava marcado para às 12h desta quarta-feira (24) na casa da vítima, no bairro Cidade Industrial.

Dayane havia contratado duas pessoas para injetar silicone nos glúteos e é possível que o procedimento tenha sido feito com silicone industrial. Ocorre que, segundo informações dadas pela vítima pelo smartphone à uma amiga, ela passou mal e foi abandonada pela dupla. 

Foi a babá dos três filhos de Dayane que a levou para o hospital. Dayane deu entrada na  Santa Casa de Lorena de tarde, por volta das 16 h e 53 m, de acordo com o prontuário médico. Ela foi direto para  Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas não resistiu, faleceu às 19h depois de sofrer uma parada cardíaca.

A Polícia Civil investigará a morte e procura os profissionais responsáveis pela aplicação do produto. A polícia ainda aguarda o laudo para confirmar a substância usada. O boletim de ocorrência foi registrado como homicídio e, até o momento, ninguém foi preso.

Dayane era viúva e deixou três filhos com idades de 4, 6 e 10 anos. Com informações do portal G1.

Obrigado pela audiência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.