Menino eletrocutado segue em estado gravíssimo.

O quadro de saúde do pequeno Adrian Cardozo da Silva, de 6 anos, é considerado gravíssimo. O menino foi eletrocutado por um fio partido da concessionária de energia Enel, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Segundo a direção do Hospital Estadual Alberto Torres, onde está internado, Adrian teve 60% do corpo queimado. 

Parentes da criança acusam a concessionária de energia elétrica de negligência por não ter realizado o reparo quando foi chamada para isso. Segundo o pai, o choque fez sair fumaça do pequeno Adrian. Com informações do jornal O Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.