Batom de Marta pode gerar problemas com a Fifa.

Pelo fato de ter usado e comentando sobre a marca de um batom, Marta, a camisa 10 da seleção brasileira feminina, pode ter problemas com a Fifa. Isso porque a entidade não permite que outras marcas façam publicidade durante seus eventos esportivos. No mundial feminino deste ano, a Fifa tem seis patrocinadores oficiais. 

Como Marta usou um batom da Avon e a empresa não tem parceria com a Fifa, poderia ser considerado que ela teria infringido a regra da entidade. De acordo com informações do portal UOL, o estafe de Marta acredita que ela não praticou marketing de emboscada ao entrar em campo com o batom, nem mesmo ao falar sobre ele após a partida. 

No entanto, mesmo que Marta não tenha dito espontaneamente o nome da empresa de cosméticos, ao ser questionada pelos jornalistas, ela citou o nome com que aquela cor pode ser encontrada nas lojas e esfregou os lábios diante das câmeras para mostrar que o batom "não saía de jeito nenhum".  Essa atitude se referindo a um item de maquiagem tende a ser uma propaganda positiva, informa o portal UOL. Entretanto, cabe ressaltar, que Marta não seria punida neste momento mesmo se a Fifa visse irregularidade na ação.

Ouça a reportagem completa no vídeo acima. Obrigado pela audiência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.