Será que Sérgio Moro mentiu em audiência no Senado?

Será que Sérgio Moro mentiu em audiência no Senado?
Ele é considerado herói por muitos brasileiros, entre eles, o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, trata-se do ex-juiz federal, Sérgio Moro, magistrado que condenou o ex-presidente Lula e atualmente ocupa o cargo de ministro da Justiça. Mas, desde que mensagens atribuídas ao ex-juiz foram vazadas pelo site The Intercept Brasil, Moro também tem sido visto como vilão. 

Isso acontece porque acredita-se que Moro estaria agindo de maneira inadequada com sua função. Não pelo fato do então magistrado, que era responsável por julgar réus da Lava Jato, ter mantido contato com o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da operação, mas por essas mensagens indicarem que Moro estaria interferindo e orientando procuradores durante o processo e se isso realmente for verdade, a imparcialidade que esperasse de quem julga estaria comprometida. 

Ouça a reportagem completa:


Será que Sérgio Moro mentiu em audiência no Senado? Parte da imprensa acredita nesta possibilidade. Em uma longa matéria publicada em seu blog no portal de notícias UOL, neste sábado, o jornalista Reinaldo Azevedo, diz que no caso envolvendo a procuradora Laura Tessler, foi uma mentira feia a senadores: "diálogo então inédito entre Dallagnol e o também procurador Carlos Fernando demonstrava que o coordenador oficial da força-tarefa passara a seu colega as críticas feitas por Moro ao trabalho de Laura e que os dois acertaram que ela ficaria fora do caso Lula. E ficou", conta Azevedo.

O jornalista Reinaldo Azevedo informa ainda que Laura Tessler atuava no processo que diz respeito ao tríplex. "Depois das críticas de Sérgio Moro, foi afastada por Deltan Dallagnol. E ele cortou a cabeça da colega sem demora: 48 horas depois, estava fora do caso. Esses são os fatos".

Essa semana, Sérgio Moro foi ao Senado Federal e defendeu a Lava Jato. Ele negou conluio com procuradores. Disse que não cometeu nenhuma irregularidade e que não reconhece a legitimidade dos diálogos vazados pelo site Intercept Brasil. Para Moro, esses diálogos podem ter sido adulterados. Sendo assim,  o conteúdo deveria ser submetido a uma auditoria independente, segundo o ministro.

Obrigado pela audiência.

Comentários

Postagens mais visitadas