Pular para o conteúdo principal

Vazamento de fotos de Najila pode não ter sido responsabilidade de Neymar.

No inquérito policial em que é investigado pelo vazamento de fotos de Najila Trindade, Neymar pode se livrar da acusação de ter cometido crime virtual. Vamos entender isso. Teoricamente, o jogador do PSG deveria ser enquadrado no artigo 218C do Código Penal. Esse artigo fala em distribuição, publicação ou divulgação por qualquer meio "fotografia, vídeo ou outro registro audiovisual que contenha (...), sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez ou pornografia".

Quando esteve na Delegacia de Repressão de Crimes de Informática do Rio de Janeiro para depor, Neymar disse que não foi o responsável por publicar o vídeo em seu Instagram. O vídeo divulgado tinha sido encaminhado para o pai do jogador e posteriormente as imagens foram enviadas para sua equipe de comunicação. Segundo Neymar, foi a assessoria de imprensa dele que editou e divulgou o conteúdo. Inclusive, o fato foi confirmado depois pelo assessor dele, Alex Bernardo.

Ouça a reportagem completa no vídeo:

Sendo assim, de acordo com especialistas ouvidos pelo portal UOL, pode ser que Neymar não seja considerado responsável pela divulgação, uma vez que, não foi ele que postou o vídeo. O professor de direito digital da FGV, Luiz Augusto, disse que a responsabilidade é de quem praticou a ação, ainda que Neymar tenha tido ciência da publicação posteriormente em sua rede social. 

Para o professor de direito, se de fato Neymar deu ordens para que Najila fosse preservada, ele não poderia ser considerado o mandante de um suposto crime. O que também reforçaria a ideia de que a publicação do vídeo teria o intuito de protegê-lo, e não expor a modelo. "Na minha opinião o Neymar não comete crime ao postar as fotos, segundo o artigo 218C, pois ele desfocou as fotos de nudez e pornografia. A ordem não é vazar fotos de nudez, é divulgar desfocando inclusive o nome. Dessa forma, o Neymar não demonstra vontade de cometer o crime, não seria nem o mandante". "Com relação a algumas fotos em que é possível identificar uma parte íntima ou outra, é possível notar que não houve vontade de quem postou em divulgar conteúdo íntimo, e sim, em explicar os fatos. O que por falta de dolo, também afastaria o crime de vazamento", afirma o professor.

Outra especialista em Leis de Tecnologia e crimes na internet ouvida pelo UOL, Vanessa Souza, tem entendimento parecido em alguns pontos. Ela esclarece que o fato de a publicação ter sido feita no Instagram pessoal do jogador não quer dizer que necessariamente ele deva ser responsabilizado por ação ou omissão. "Se ele não for o responsável pela divulgação, se encaminhou para a equipe e deu determinações para que em momento fosse exposto nome, partes íntimas, ele pode não ser responsabilizado por não incorrer conduta delitiva. Se ele falou para não divulgar, mas um terceiro divulgou vai caber ao Ministério Público investigar a relação de causalidade dos fatos", explicou a especialista. Com informações do portal UOL.

Obrigado pela audiência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?

O mundo tem sofrido muitas mudanças. Por conta destas mudanças, muitos acreditam que a segunda vinda de Jesus Cristo está bem próxima. Será que já estamos vivendo o Apocalipse bíblico? Bom! De tudo que já ouvi até hoje, apenas uma coisa é certa. A morte chegará em algum momento para cada um de nós, e não poderemos fazer nada. Ela poderia ser o fim, mas para quem crê, a morte é um novo começo ao lado de Deus.

Fim do mistério! Vídeo Som de trombetas vindo do céu em Jerusalém.

Recentemente fiz um post, que você pode ler na íntegra neste (link) comentando uma notícia falsa de que a Nasa tinha confirmado uma catástrofe no Brasil. Agora vou falar sobre um vídeo, intitulado: "Som de trombetas no céu de Israel", que foi publicado no Youtube no inicio do mês de outubro e já tem mais de 150 mil visualizações.

Lei sobre ‘chip da besta’ desrespeita à Constituição, diz PGL.

Cientista choca ateus ao confirmar que a oração tem o poder de curar doenças?

Papa Francisco vai visitar Congregação…

Você está no Cadastro Único do Governo Federal.

Os últimos dias têm sido difíceis para milhões de brasileiros devido a pandemia de coronavírus, que assola o mundo. Vivemos momentos de incerteza e diferente daqueles que tem condições de receber um tratamento adequado em caso de contaminação e até uma possível complicação do quadro desencadeado pela Covid-19, que pode ser fatal, sabemos que o sistema de saúde pública não terá condições de suportar uma demanda alta. E é por isso que somos obrigados a ficar em casa de quarentena.  Mas, além da Covid-19, temos outro problema. Como se manter durante a quarentena? Então! Eis que uma pequena luz se acende. Só que, ao que parece, esse auxílio ainda não chegou a milhões de famílias. Pais de família e donas de casa, trabalhadores informais e desempregados que todos os dias acessam o sistema e se deparam com uma mensagem que avisando: Você está no Cadastro Único do Governo Federal.As condições para recebimento do Auxílio Emergencial serão avaliados com os seus dados do Cadastro Único. Lembram…

Casal da Cedae chega de Kombi pede amostra de água e assalta residência [é boato].

Assunto: Boatos que circulam pela internet Homem e mulher disfarçados com uniforme da Cedae realizam assaltos à residências. Casal usando uniforme da Cedae assaltam residências. Olá pessoal. Está circulando pelo Facebook e também pelo WhatsApp um texto alertando que um casal usando o uniforme da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE) estaria realizando assaltos à residências. 
Segundo o texto, eles chegam de Kombi e dizem que vão fazer coleta de água para análise."Se chegar uma kombi na porta da sua casa com um homem e uma mulher com uma pasta dizendo que é da cedae que veio tirar amostra da água, não atenda que é assalto são bandidos espalhe pra todo mundo da vizinhança". É fato que, recentemente, foi constatado pelas autoridades que ocorreu um aumento deste crime. Por exemplo, em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, o roubo à residência aumentou 97,36% do primeiro semestre do ano passado para este. De janeiro a julho de 2017, foram registrados 75 casos. …