Felipe Neto revela que está sendo processado pelo pastor Silas Malafaia.

VIDA DOS FAMOSOS - O pastor pentecostal Silas Malafaia, líder do ministério Vitória em Cristo,  ligado à Assembleia de Deus, está processando Felipe Neto. De acordo com o youtuber, o pastor entrou com um processo criminal, mas ele afirma que não vai deixar de expor acusações de esquemas.
Neto disse, no Twitter, que Malafaia está buscando a condenação e prisão dele, simplesmente por ele ter acabado com seu esquema de boicotes à empresas que apoiam causas LGBT. Na publicação, Felipe disse ainda que seu vídeo continua no ar e vai lutar contra o processo até o fim.

Segundo Felipe Neto, o pastor Silas Malafaia compareceu a audiência de conciliação querendo que ele excluí-se o vídeo e ainda pedisse desculpas publicamente e caso o youtuber concordasse com suas condições, Malafaia removeria o processo. 

Como Felipe Neto deixou claro que não ia deletar o vídeo, dizendo que o pastor poderia processá-lo 800 vezes que ele não seria silenciado, que não ia aceitar o acordo, segundo o youtuber, Malafaia ficou uma fera. Felipe Neto disse ainda que Malafaia achou que estava lidando com menino do YouTube, mas saiu da audiência de conciliação sabendo onde tinha se metido. 

Isso tudo ocorre porque o youtuber ficou sabendo que Malafaia tinha entrado com um pedido de recuperação judicial. Neto ainda fez questão de deixar uma mensagem sobre justiça, onde diz: "A justiça humana pode falhar, amigos. Mas a justiça do caráter, essa muitas vezes resolve. Faça o bem e você provavelmente seguirá recebendo o bem. Faça o mal... e veja até quando durará seu sucesso." 

O pastor Silas Malafaia diz que optou pela recuperação judicial por dois motivos: Rejeição do Bradesco a um pedido de empréstimo de R$ 12 milhões no primeiro semestre desse ano para que o pastor pudesse alongar dívidas com o próprio banco e também porque, segundo o pastor, a Central Gospel hoje vende apenas 30% do que comercializava há cinco anos.

Comentários

Eu apoio Notícias do Momento

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.