Velório foi interrompido após morto 'apertar' mão de viúva.

O caso que será relatado agora aconteceu em São Luís do Curu, um município brasileiro do estado do Ceará. Onde, por um motivo inusitado, um velório foi interrompido. Isso ocorreu porque a viúva da vítima, um idoso de 61 anos, que tinha sofrido um infarto, garantiu que o marido tinha apertado a mão dela. Por conta disso, o corpo de Raimundo Bezerra de Sousa foi retirado do caixão e levado ao hospital.
No último dia 15, Raimundo passou mal na cadeia e foi socorrido, mas não resistiu e morreu. Durante o velório, familiares do idoso acionaram o Samu afirmando que o morto demonstrava sinais vitais, como sudorese e movimentos físicos. 

Atendendo ao chamado, o Samu confirmou o óbito do homem. Mesmo assim, os familiares de Raimundo retiraram o corpo dele do caixão e levaram-no ao hospital. Só que, chegando a unidade hospitalar, foi novamente constatado que não havia sinais vitais e o corpo dele foi novamente liberado para o enterro e somente depois de toda essa confusão que o corpo de Sousa foi enterrado no cemitério municipal de São Luís do Curu.

Comentários

Arquivo

Mostrar mais