Silas Malafaia errou feio ao dizer que Adélio Bispo era assessor de Dilma.

Ola pessoal. Para se retratar publicamente, o pastor Silas Malafaia publicou um vídeo por conta das postagens feitas em setembro de 2018 sobre um envolvimento entre Adélio Bispo, autor da tentativa de homicídio contra o então candidato e hoje presidente Jair Bolsonaro, com o PT e a ex-presidente Dilma Rousseff.

Naquela época, Malafaia espalhou notícias falsas dizendo que Adélio era assessor da campanha de Dilma ao Senado por Minas Gerais. No vídeo, o pastor abriu lembrando que o atentado estava completando um ano e que faria uma correção.

Malafaia disse que a grandeza de um ser humano não são os seus acertos, mas reconhecer seus erros e corrigir suas rotas. Sendo assim, segundo Malafaia, Adélio nunca foi assessor de Dilma. "Tem que ser honesto com isso aí. Ele já teve vínculo lá atrás com o PSOL. Mas nunca assessorou Dilma em campanha, então estou aqui corrigindo porque eu fiz uma declaração na época. A verdade é a verdade", disse o pastor. Na época da publicação das notícias falsas, a assessoria de imprensa da campanha de Dilma havia anunciado que processaria o pastor Silas Malafaia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.