Criminosos usaram os reféns de escudo humano.

Oi pessoal. Pelo menos seis pessoas passaram por uma situação desesperadora hoje após um grupo criminoso ter assaltado duas agências bancárias  no município de Vidal Ramos, no estado de Santa Catarina. Durante a fuga, os criminosos usaram os reféns como escudo humano no capô de uma caminhonete.

De acordo com informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 11h. Os ladrões fizeram vários disparos com armas de fogo para assustar os moradores, e chegaram a fazer um escudo humano em frente a um banco e uma cooperativa de crédito para assaltarem os estabelecimentos.

O assalto deixou pelo menos dois feridos: o gerente de uma das agências foi atingido no pé por um dos disparos, e um segurança precisou ser socorrido por uma equipe de helicóptero dos bombeiros.

A aeronave foi acionada porque, durante a fuga, os assaltantes também incendiaram um caminhão para bloquear uma via e impedir a passagem de viaturas da Polícia Militar. Só que, essa ação, impediu também a ambulância de chegar à cidade para socorrer as vítimas. Mais tarde, os bombeiros conseguiram controlar as chamas.

Os autores do crime atearam fogo em outro veículo e fugiram na caminhonete com os reféns do lado de fora. Dois ficaram deitados de bruços no capô segurando-se nas janelas do carro, uma pessoa na lateral esquerda e outras três na caçamba. Os reféns já foram liberados, e até o momento ninguém foi preso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.