Caso de Polícia: Investigadora diz ser cliente e prende 'marido de aluguel' - Podcast.

Oi pessoal. Estou de volta com mais um podcast! É caso de polícia. Um homem foi preso após uma investigadora em Praia Grande, no litoral de São Paulo, se passar por cliente e atraí-lo para uma armadilha. Ele foi condenado por matar uma idosa, de 79, enquanto prestava serviços como 'marido de aluguel'. Ele publicava anúncios de trabalho nas redes sociais, essas publicações ajudaram a polícia a localizá-lo. O homem de 40 anos, identificado como Paulo José Machado de Oliveira Ferraz, foi localizado na noite desta quarta-feira (22), no bairro Vila Tupi, por policiais da Delegacia Sede de Praia Grande. 

Paulo foi condenado a 23 anos de prisão, em regime fechado, pela prática do crime de latrocínio ocorrido no município de Bueno Brandão, em Minas Gerais. A vítima era sogra do atual prefeito da cidade, Sílvio Félix. O delegado Sérgio Lemos Nassur disse, em entrevista ao 'G1', que ele recebeu informações da Polícia Civil de Minas Gerais de que o homem estava residindo e também prestando serviços como 'marido de aluguel' em Praia Grande. Desse modo, os investigadores iniciaram diligências para localizá-lo, explicou o delegado.

Durante as investigações, os policiais localizaram nas redes sociais de Paulo diversos anúncios em páginas da Baixada Santista, e até mesmo em seu perfil pessoal, sobre os serviços que realizava. Nas postagens, ele descrevia essas atividades e, ainda, informava o preço e o número de seu celular para contratações. Abordado, o homem afirmou ter conhecimento de sua condenação e todos os dados dele foram conferidos pelos policiais. Em seguida, ele foi conduzido para a Delegacia Sede de Praia Grande, onde foi realizado o registro de boletim de ocorrência pela captura. 
Paulo José  foi condenado a 23 anos e seis meses de reclusão em Minas Gerais por um crime de latrocínio envolvendo a idosa Eni. Segundo o delegado Nassur, ele prestava pequenos serviços como 'marido de aluguel', realizando reparos na residência da vítima. Com informações do G1.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tempestade deixa três mortos no Rio de Janeiro.

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.