Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

Bruno Henrique, atacante do 'Flamengo', é detido em blitz.

Oi pessoal. Virou notícia. Você confere aqui! Na madrugada deste sábado (29), o atacante do Flamengo Bruno Henrique foi parado em uma blitz da Lei Seca. Isso aconteceu na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. 

Na ocasião, o atacante do Flamengo apresentou uma carteira de habilitação de São Paulo, o problema é que o documento não constava no sistema de informática do Detran do Rio de Janeiro. Agora, será realizada uma perícia para saber se o documento é falso ou se houve um erro no banco de dados.

O delegado Giniton Lages, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), disse, em entrevista ao G1, que a investigação está em andamento e, caso seja comprovado a falsidade do documento, ele poderá ser indiciado por uso de documento falso. O crime prevê pena de até 6 anos de reclusão.

Bruno Henrique se recusou a realizar o teste do bafômetro, para descobrir se havia traços de álcool no sangue, no momento em que foi abordado na blitz. De acordo com o programa Lei Seca, ele foi multado por dirigir sem habilitação válida e por ter se recusado a fazer o teste do bafômetro. Depois, Bruno Henrique apresentou um condutor habilitado e retirou o veículo da blitz. Com informações do G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?